cartazes promocionais

As 5 Regras de Ouro de um Bom Cartaz Promocional

O objectivo de qualquer designer gráfico é fazer cartazes que correspondam aos fins a que os mesmos se destinam, isto é, cartazes que sejam eficazes, certeiros e que atraiam a atenção do seu público-alvo. Mas nem sempre é fácil fazer um cartaz que se destaque, nem escolher os elementos que melhor se adequam para transmitir a mensagem. Neste artigo, deixamos-lhe as 5 regras de ouro que vão fazer do seu cartaz promocional um sucesso!

Mas, o que é um Cartaz? 

Antes de apresentarmos as esperadas regras de ouro, vamos falar um pouco do que é, afinal, o cartaz. É muito comum vermos no nosso dia-a-dia cartazes espalhados pelas ruas, com informações variadas. Esses cartazes podem ser de vários tipos: publicitários, comerciais, culturais, informativos, educativos, sociais ou até políticos. Cada um deles tem uma finalidade diferente, como informar, levar a mudar algum tipo de comportamento ou a comprar um determinado produto.

Apesar das redes sociais serem usadas cada vez mais como meio de comunicação para promover ideias e produtos, os cartazes – folhas de papel impressas, afixadas em sítios estratégicos – continuam a ser uma boa maneira de causar impacto nas pessoas, transmitindo a mensagem que se quer passar, de forma rápida e prática. Neste sentido, a escolha do local onde se colocam os cartazes é muito importante, uma vez que o objectivo é que determinado público-alvo os possa ver. 

As 5 Regras de Ouro

Depois de se ter em mente o objectivo, a mensagem que se quer passar e o target a quem se pretende passar essa mensagem, é altura de criar o cartaz. Nesse sentido, há 5 regras que deve ter em atenção, na realização da sua arte: a palette de cores, a hierarquia visual, a tipografia, a frase chave e a simplicidade. 

1 – Palette de Cores

Começando pela cor, a mesma é um elemento muito importante num cartaz: a cor aumenta o impacto visual, trazendo harmonia para a composição. As cores transmitem significados diferentes, ligados a determinados contextos sociais. Deste modo, podem ajudar a criar uma emoção e a atrair mais rapidamente o olhar do público-alvo.

É melhor usar muitas ou poucas cores, num cartaz? Isso depende do seu objetivo. É possível utilizar-se uma palette mais ampla de cores, desde que combinem, ou apenas duas cores.  

2 -Hierarquia Visual

É importante que um cartaz passe a sua mensagem de maneira clara e imediata. Para isto acontecer, é necessário que a informação esteja disposta por ordem de importância.

As informações mais importantes devem ser fáceis de ler à distância. Neste sentido, se o cartaz tiver uma quantidade considerável de texto será melhor hierarquizá-lo, pondo o título com letra maior, seguido dos detalhes com letras mais pequenas. Estas não devem atrapalhar a mensagem essencial que se quer passar.

3 – Tipografia 

O tipo de letra a escolher é de grande importância na criação de um cartaz. A escolha deve ter em conta o tipo de cartaz e o tom que se pretende adoptar: mais sério – através de uma tipografia sem serifa, ou mais descontraído – através de uma fonte que simule a escrita à mão.

Não é aconselhável usar muitas fontes no mesmo cartaz. No entanto, uma fonte diferente para a headline e outra para o restante texto é bastante recomendável.

4 – Frase-chave

O objectivo principal de um cartaz é, como mencionado anteriormente, conseguir chamar a atenção das pessoas, para que estas adoptem determinadas atitudes ou estejam informadas sobre algum tema. Para isto, é importante, numa frase, ser claro e transmitir desde logo a informação referente ao tema do cartaz. Dependendo do público-alvo, a frase pode surgir juntamente com um código QR, para incentivar as pessoas a procurarem mais informações. 

5 – Simplicidade

Tendo em conta as outras regras mencionadas, a simplicidade vem completar a lista das guias  de ouro para um bom cartaz. Como a mensagem a transmitir deve ser clara e perceptível, as pessoas devem olhar para um cartaz e ficar a perceber do que se trata, de forma quase instantânea. Assim, devem ser retirados os elementos desnecessários, de modo a que as pessoas não tenham de andar a “navegar” no cartaz para perceber a mensagem. 

Mãos à Obra!

Apesar das novas tecnologias permitirem uma rápida difusão de informação, os cartazes continuam a ser uma boa aposta para alcançar um público específico, podendo ser muito eficientes em conjunto.

Depois de conhecer estas 5 regras de ouro, já só falta adicionar um ingrediente: a diversão. Faça experiências, combine fontes, use imagens inesperadas e dê asas à sua imaginação. Deixe a criatividade guiar o processo! 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DOBRE O SEU RENDIMENTO COM A DEMARCA

Antes de ir, temos algo especial para si.

DEMARCA DESIGN LOGO BRANCO s